Música

Videos do último show

0

Acabei de me tocar que faz um tempão que não atualizo este blog… nem coloquei os vídeos do meu último show, em abril, aqui. Está certo que vocês já devem estar cansados de ver a gente tocar (mal), mas deixo aqui para ficar registrado. :-)

Noite de rock

1

Nesta sexta-feira passada fui tocar mais uma vez com aquele povo do School of Rock. Fiquei mais contente com o resultado desta vez — menos erros e vacilos de todo mundo — apesar de que acho que o som nunca fica bom lá no bar. Mas, enfim… aqui estão alguns dos vídeos.

altacockers

Novo show vindo aí!

3

E já tenho outro show marcado com os Altacockers, vai ser dia 28 de abril, no mesmo lugar dos shows anteriores. Vamos tocar acho que 21 músicas, eu toco bateria em 11 e canto em 1. :-)

Também fiz um poster para este show, cliquem na imagem aí ao lado para enrockecer. A versão em PDF que eu fiz para imprimir está melhor (uns masks do Photoshop nas fotos não rolaram direito na versão JPG), mas não quis estressar o server com um arquivo gigante então vocês vão ter que se contentar com essa aí mesmo.

drumming

Altacockers 2: A Revanche

6

E quinta-feira foi meu segundo show com os Altacockers. Foi um sucesso! 😛

Abaixo estão 9 vídeos das músicas que eu toquei (seriam 10, mas a música de abertura perdeu-se lá dentro da filmadora). Usem as setinhas nos lados do vídeo ou os thumbnails que aparecem quando se coloca o cursor em cima dele para assistir aos outros vídeos.

Se o outro pessoal da banda colocar vídeos das outras músicas (que eu não toquei) online, eu adiciono ao playlist depois.

De novo, desculpem pela qualidade do som, não tem jeito com essas filmadoras. Nem dá para ouvir o bumbo e o contrabaixo. E desculpem pela “qualidade” dos vocais, isso tem menos jeito ainda. 😛

altacockers

O espetáculo tem que continuar…

0

…então tenho outro show marcado para dia 4 de novembro, com a mesma banda com quem toquei em maio deste ano.

Desta vez são 20 músicas, com só uma repetida do show anterior. Estamos ensaiando já fazem várias semanas.

Fiz um poster para promover o nosso show, vocês podem baixar o PDF clicando aqui. Aproveitem e espalhem por aí. 😉

cicada

A fábula da Formiga e a Cigarra

4

Dia de trabalho com meus amigos ferradores… enquanto a Formiga trabalha, a Cigarra fica só tocando sua violinha. :-)

Videos do show!

10

Um dos integrantes da banda colocou os videos do nosso show de ontem online, agora vocês podem assistir também.

O som está terrível, mas vou colocar a culpa na filmagem, tá? Os erros também foram culpa da filmagem, foi a edição mal-feita. 😛

Mas show ao vivo é que nem pastel de feira, é bom ali na hora, fresquinho… depois fica xôxo. :-)

Vocês também podem acessar a página com os vídeos separados aqui, se preferirem.

‘Cause I’m T-N-T!

3

E ontem foi o meu show, a “formatura” daquele programa no qual eu estava participando na School of Rock. Demorou um mês a mais do que o previsto para sair, porque o diretor teve problemas para reservar o local onde a gente ia tocar. Mas no final deu tudo certo.

O lugar estava lotado, a maior parte era o povo que foi lá para ver a gente – família e amigos – mas tinha bastante gente que estava lá de gaiato também. Aparentemente tocamos bem o suficiente, pois o pessoal de fora acabou ficando também. Estimamos que havia umas 150 pessoas na platéia.

No meio da quarta música eu bati a mão no cowbell e cortei o dedo, acabei espirrando sangue na bateria toda porque não podia parar de tocar… como diz o pessoal do Dethklok, “that’s Metal!”. 😛

Definitivamente valeu à pena o esforço. O pessoal da banda gostou tanto da experiência que já existem planos de ampliar o repertório e fazer um outro show mais para o final do ano.

Infelizmente tivemos problemas técnicos com a filmadora (acabou a bateria na terceira música) então vou ter que pegar vídeos com as outras pessoas que filmaram. A Lydia filmou um pouco com a câmera fotográfica, mas a qualidade é tranqueira. Assim que eu colocar vídeos online eu aviso.

E foi-se o Dio

10

Não costumo ficar fazendo onda sobre gente famosa que morre, mas neste caso vou abrir uma exceção… ontem morreu o Ronnie James Dio, uma das personalidades que mais influenciou o rock pesado e o Heavy Metal. É por causa do Dio que Metal é o meu gênero de música preferido.

A memória mais antiga de video musical que tenho é do “Rainbow In The Dark”, passando num programa acho que na TV Cultura. Me lembro estar assistindo na TV branca-e-preta do quarto dos meus pais, olhando para a tela espantado, pois nunca tinha ouvido nada parecido antes: um cara cabeludo, feio prá dedéu mas com uma voz impressionante, cantando uma música dramática, elaborada, pesada. Aquele foi o momento quando minha opção musical foi definida… eu seria “metaleiro” para o resto da vida. :-)

Sabe aqueles vídeos que mostram os moleques na frente da tv sendo dominados pelo Metal? São verdadeiros, aconteceu comigo. 😛

Valeu, Dio!

Barulho e a perda de audição

7

De uns tempos para cá venho pensando bastante no assunto de perda de audição… tenho uma sensibilidade nos ouvidos que começou uns anos atrás, um pouco depois que comecei a trabalhar como ferrador. Esse foi o motivo que me fez dar os papagaios, que acabaram piorando a situação e provavelmente me deram o começo de zumbido nos ouvidos. Era muito baixinho antes, mas ultimamente tem aumentado perceptivelmente, ao ponto de em certos dias atrapalhar na hora de dormir.

No meu caso o dano auditivo é um risco ocupacional e não-ocupacional: juntando a martelação diária e a bateria nas horas vagas, boa coisa não podia dar mesmo.

Eu tomo o cuidando que posso:  durante o dia quando estou ferrando cavalos eu uso protetor auricular quando trabalho na bigorna e uso o esmeril; nas horas de folga toco bateria eletrônica com um volume não muito alto. Mas volta e meia acabo tocando bateria acústica, como por exemplo agora na School of Rock, então nesse caso eu uso tampões nos ouvidos. Estava usando uns genéricos, mas ontem comprei um par de tampões de ouvido especiais para músicos.

E falando da School of Rock, eu sou o único que usa proteção nos ouvidos lá. 😐

Modifiquei um gráfico que achei na internet para mostrar para vocês a diferença de volume de sons, para vocês terem uma idéia de quanto tocar bateria faz mal para a saúde auditiva… :-)

Cliquem para aumentar, senão não vai dar para ler.

Cliquem para aumentar, senão não dá para ler.

A escala de decibéis é logarítmica, como vocês podem ver pela curva no gráfico. Isso quer dizer, por exemplo, que um som de 80 dB é umas 4 vezes mais alto que um som de 60 dB. A curva sobe tão rápido que não cabe na imagem. :-)

Outros exemplos interessantes de níveis de som: um concerto de rock na frente do palco gira em torno de 110 dB. Um iPod alto chega também aos 110 dB. As marteladas que dou nas ferraduras estão por volta dos 140 dB.

Moral da história? Use protetores de ouvido quando for estar sujeito a níveis excessivos de barulho (shows de rock, fábricas, etc) e não escute música alta. Uma vez danificada, a audição não tem conserto, daí vocês vão ficar ouvindo zumbido o resto da vida, como eu… e acreditem, não é nada bom. :-(

Go to Top