A triste e breve história de um corvo

| | Comments (7)

Eu estava arrumando a pilha de lenha no quintal no domingo, quando vi um movimento no chão. Era um filhote de corvo, ainda vivo mas coberto de varejeiras.

Nós cuidamos do bichinho durante o domingo todo, dando água e uma mistura de Neston com leite de arroz via uma seringa. Ele pareceu se recuperar um pouco, mas mesmo assim não estava muito bem.

Eu ia levá-lo na segunda-feira de manhã para o AARK, um lugar que cuida de animais silvestres pequenos ou machucados até que eles possam ser soltos no ambiente normal deles, mas não deu tempo. O passarinho morreu durante a noite.

Ficaram só as fotinhos que eu tirei dele, tadinho... :-(


Categories

7 Comments

Spacey said:

Tadinho :( Vai ver ele já estava muito mal mesmo... Seria algum tipo de vírus? :(

Be said:

Tadinho... :(

Cido said:

Xi, Mauro, tô sensível hoje... ainda bem que vocês cuidaram do bichinho. :-(

Mary said:

Coitadinho, Mauro! Bom, pelomenos vocês tentaram. Beijoca.

Sthephanie said:

Coitadinho do bichinho! Que bom que voces tentaram cuidar dele.

Desculpe por nao ter mais passado por aqui. Agora eu voltei!!!
Beijos Sthephanie

Juliana said:

Mauro,

O consolo é que esse animalzinho pode, pelo menos em algum momento da vida dele, ter alguém que cuidasse e o tratasse dignamente. Mais uma vez um super parabéns para você e para a Lydia por esse respeito e consciência que vocês têm com os animais! Poxa, como seria bom se existissem mais pessoas como vocês!
By the way, como está o Van Gogh? Nunca mais você deu notícias dele, estou preocupada...
Estou torcendo para que ele fique logo 100%!

[]'s

Juliana Fontenele

Rebeca said:

Você é muito legal com os animais!! Boa lição a todos nós!

About this Entry

This page contains a single entry by published on May 25, 2004 7:06 PM.

Silêncio was the previous entry in this blog.

Perigo indefinido? is the next entry in this blog.

Find recent content on the main index or look in the archives to find all content.

Powered by Movable Type 4.1