O duro não é o trabalho cansativo...

| | Comments (6)

...é o bafo quente no pescoço e aquele queixo barbudo esfolando a sua nuca.

Calma, gente, eu explico! ;-)

Quando você está mexendo nas patas da frente dos cavalos, muitos deles gostam de apoiar a cabeça no seu pescoço para olhar o que você está fazendo. Daí fica aquele vento forte e quente da respiração de um animal enorme soprando no seu pescoço, e ainda por cima os pêlos do queixo dele ficam arranhando a sua nuca. Quando está fazendo calor, realmente é incômodo.

Entenderam? Aposto que um monte de gente aí já ficou pensando besteira... :-P

Categories

6 Comments

ROBERTA said:

Ufa! Que meda que me deu! :)

Zila said:

Pior se fosse uma mordida no cangote...

Spacey said:

Pior seria se alem disso tudo, levasse uma linguada no ouvido! hahahaha

Juliana said:

heheh sei como é.
Acho a pele do focinho dos cavalos macia; o problema é quando eles dão aquelas "mordidas com o beiço" na sua mão, ou puxam a roupa. Cavalinho mau!

Rebeca said:

Interessante esse "gesto" dos cavalos... não sabia que eles são curiosos!!! Você já leu algum livro sobre o comportamento dos cavalos? Deve ser interessante, principalmente quando se trabalha com eles.

Gerson said:

Hei, quando em montava na Hípica de Santo Amaro, antes de iniciar os exercícios de hipismo, eu cuidava do meu cavalo. Limpava baia, escovava pelo, limpava casco e coisas assim. o que o Mauro falou é verdade. é interessante também como eles nos mordem com os lábios quando estamos fazendo algo neles que eles gostam. É uma forma de demonstrarem carinho.

Aliás, quer saber, vou voltar para o hipismo, é isso aí!

About this Entry

This page contains a single entry by published on May 12, 2004 4:20 PM.

Gato dodói, continuação was the previous entry in this blog.

They're coming to get you... is the next entry in this blog.

Find recent content on the main index or look in the archives to find all content.

Powered by Movable Type 4.1