Miami, dia 5

| | Comments (14)

Hoje fomos a um lugar chamado Miami Seaquarium.

Alguém aí se lembra do seriado do golfinho Flipper? Pois então, foi nesse lugar onde foram filmadas a maioria das cenas.

Para falar a verdade, achei caro demais pelo que é. A entrada é $25, um absurdo, quase o dobro de outros aquários excelentes onde já estive. As coisas lá dentro são absurdamente caras (por exemplo, um refrigerante do vending machine custa $3).

Bom, tirei umas fotinhos...

O golfinho abaixo estava brincando com a Lydia pelo vidro...

Teve um show com uma orca e 3 golfinhos...

Demos peixe para os leões-marinhos...

Vimos umas araras que no mínimo vieram do Brasil. Pelo menos estavam soltas e pareciam bem tratadas, algumas inclusive pareciam que estavam se recuperando de maus-tratos. Não sei se eles resgatam esses bichos de donos incompetentes, mas espero que sim...

Outros habitantes do lugar...

Os bichos até que eram legais, agora o povinho... acho que tinha que inverter, deixar os bichos do lado de fora e o povo do lado de dentro dos tanques, gaiolas e etc. Não querendo generalizar, mas o pessoal que fala espanhol e português realmente é um pé no saco. Nessas horas dá até para entender a xenofobia americana. Ô gente sem educação.

Não digo que todo brasileiro e latino aqui seja ruim, longe disso. A gente só deu azar de escolher justo o dia em que somente os ruins estavam lá no Seaquarium. :-P

Categories

14 Comments

Gerson said:

Cara, isso é um trabalho de conscientização enorme. Vou ao zoológico de são Paulo várias vezes ao ano. Gosto de ir lá para visitar, fazer cursos (de fim de semana) e tirar fotos legais dos animais. no entaot, na maioria das vezes tenho a mesma impressão que você, os animais deveriam estar fora e as pessoa dentro. É incrível como alguns seres humanos conseguem nos envergonhar diante das outras espécies, como ummidiota parado em frente a jaula de um leopardo, tentando imitar o som do bicho e se achando o máximo por causa disso. Fico pensando no leopardo, olhando aquela cena patética sabendo que se não fossem as barras, aquele cretino que o está molestando seria morto com uma única mordida na nuca. E o pior, "esse idiota nem deve saber que a alguns milhares de ano, os humanos eram minhas vítimas preferidas!"

Érica said:

São por essas e por outros que eu me orgulho de ser "chata".

Tatitoxinha said:

Concordo com você ... Me recordei do momento que no zoo de sampa colocaram homo sapiens em uma jaula, isso foi bem mais engraçado e menos cruel do que se estivessem enjaulados outros tipos de seres vivos.... (as fotos estão lindas )

Marcia said:

Olá! Tudo bem! Eu venho sempre aqui, mas este é meu primeiro comentário. Gosto muito do seu blog e do seu estilo e humor ao escrever. Gosto das fotos também! Ah, e da Switch que é so cute!
Olha, o Seaquarium já era ruim quando eu fui há uns 10 anos, imagino agora. Bom mesmo é o SeaWorld em Orlando e o novíssimo Discovery Cove. Já estive em Orlando umas 3 ou 4 vezes e sempre vou ao SeaWorld (quando fui a última vez o Discovery Cove tinha acabado de inaugurar e ainda estava meio soft-opening, mas sei que lá você pode nadar com os golfinhos!).
Quanto ao povinho mal educado... humpf... dá vontade de jogar essa gente no tanque das ariranhas para serem comidos.
um abraço
Márcia

Mauro said:

, gente ignorante e mal-educada tem em todo lugar, mas esse lugar de ontem realmente levou o troféu...

Érica, concordo, você é chata mesmo... :-P

Tatitoxinha, quando foi isso? Nunca ouvi falar que eles tivessem uma jaula para o Homo Sapiens no zoo. Colocaram alguém lá dentro?

Marcia, eu comentei do Discovery Cove uns dias atrás... está nos nossos planos de viagem, provavelmente no ano que vem. Você mergulha em tudo que é tanque lá e também nada com os golfinhos sim.

Aliás, no Seaquarium você também pode nadar com os golfinhos. Custa a mesma coisa que para passar um dia inteiro no Discovery Cove, mas em compensação parece que os grupos são só de 5 pessoas.

Flávio said:

Mauro! Beleza? Tô ressurgindo das cinzas e escrvendo em tudo quanto é blog. Tô morando em Joinville, SC (dá pra crêr?).

Na real, brasileiro no exterior só espelha o que há de pior. Acha que dinheiro no bolso é suficiente pra desculpar ignorância, falta de educação e arrogância. Vc deve saber isso melhor do que ninguém.

Gerson said:

Bem, sobre os zoológicos, um detalhe interessante: no Zoo de Sampa, o Gorila, além de não consegur se relacionar com outros gorilas, não consegue se mostrar para o público, quase nunca. Ao ver humanos se aproximarem, ele simplesmente se esconde. Após muito observarem o bicho e conjecturarem sobre o fato, os veterinários, que não descobriam nada, resolveram falar com os tratadores, que mostraram uma quantidade enorme de bombinhas, biribinhas, cornetas e uam série de objetos que o povo atirava para o bicho a fimd e vê-lo assustado. Até um carrinho de bombeiro que fazia maior barulho com a sirene foi encontrado!

Gerson said:

Sobre o povo brasileiro no exterior, não pensem que outros povos, especialmente os europeus são muito diferentes. Parece uma síndrome do tipo "a casa não é minha então dane-se".

No Egito, pude presenciar alemães comendo bananas dentro do templo de Ramsés II em Abu Simbel, sem falar na quantidade estúpida de flash usados para tirar fotos dos afrescos por italianos, franceses, ingleses, americanos e etc.

Na tumba de Ramsés III, um francês esfregou as costas na parede para se ajeitar para uma foto, com flash, dentro da tumba, e ainda tava vestido com shortinho que aparecia polpinha da bunda, o que deixa os árabes furiosos! (é proibido usar shorts no Egito).

Na Tumba de Tutmés III, o mesmo francês filho da puta sentou-se no sarcófago de quartzo amarelo para tirar mais uma foto, com outro maldito flash, dentro da tumba.

Não é só brasieliro não!

Be said:

Que passeio mais lindo, hein? Parabéns pelas fotos. É bom ver que há lugares onde eles cuidam bem dos animais. Beijocas, Be.

Cido said:

A foto das araras está ótima! :-)

Acho que so os turistas japoneses sao bem educados em qualquer lugar. O resto, incluindo americanos, franceses, italianos, etc etc, ja vi fazendo as maiores barbaridades, assim como os brasileiros.

Eu adoro golfinhos, quando fui no Sea World em Orlando fiquei um tempao la na piscina deles, fazendo carinho nos bichinhos :) Por mim ficava por la o tempo todo. Sao umas gracas mesmo.

Maria said:

Ah, adorei os golfinhos!!!

Mauro te mandei um email pro hotmail com uma foto anexada.

Quando puder, vê se chegou? Beijoca

Tocha said:

Turistas à parte, Mauro, a foto do "rosto azul da Lydia" está fora de série! Muito boa mesmo!!! Ok, ok... A modelo ajudou bastante... :)

Mauro said:

Tocha, gostei muito daquela foto também. Às vezes até acho que estou finalmente aprendendo a usar essa câmera que a gente comprou. ;-)

About this Entry

This page contains a single entry by published on June 26, 2003 9:43 PM.

Em torno da piscina... was the previous entry in this blog.

28 Days Later. Mas antes disso... is the next entry in this blog.

Find recent content on the main index or look in the archives to find all content.

Powered by Movable Type 4.1