Meu dia como hacker

| | Comments (7)

Alguns meses atrás a gente começou a receber correspondência para um casal desconhecido. Começou com um ou outro catálogo, malas diretas de empresas... e foi aumentando. Alguns vinham no nome do homem, outros no nome da mulher, outros no de ambos.

Começamos a ficar preocupados que essas pessoas podiam estar saindo por aí usando nosso endereço, ou ter usado ele em algum roubo de identidade. Decidi então tentar descobrir quem eles eram.

E como descobri. Achei os nomes deles, endereço e telefone reais, a empresa onde a mulher trabalha, o nome da filha dela e até coisas como o nome e endereço do corretor de imóveis que vendeu a casa para eles.

Tudo isso usando uma ferramenta extremamente avançada: o Goggle.

Pois é, o nosso querido Google, pelo jeito, sabe direta e indiretamente muito mais coisa sobre a gente do que a maioria de nós ficaria contente em admitir. Por exemplo, o pessoal que mora nos EUA pode experimentar digitar o número do telefone deles (com o código de área) no Google e ver o que acontece (não sei se isso funciona em outros países com versões próprias do Google).

Não que essas informações não estivessem disponíveis antes, mas a simplicidade com a qual hoje em dia você as acessa e correlaciona assusta um pouco. Com o que eu obtive rapidamente somente pela internet através de várias pesquisas, com alguns chutes e deduções, já me possibilitaria criar um caos na vida desse casal.

Felizmente, depois que obtive o endereço real deles, pude perceber que tudo não passou de um erro de digitação. Eles moram próximo da gente e o nome da rua deles é muito similar. Alguma toupeira por aí deve ter digitado o endereço incorreto num banco de dados, e daí ele foi se propagando através das vendas de informação que as empresas costumam fazer por aqui.

É por isso que eu digo: tomem cuidado... nunca se sabe quem está olhando. Posso ser eu. Bwahuahuahuahuáááááá! ;-)

Categories

7 Comments

Rebeca said:

Acredito que você possa descobrir tudo isso e muito mais. Outro dia, sem querer, vi no MSN White Pages, meu telefone e endereço e então procurei de algumas outras pessoas e também apareceram.

Cintia said:

HAHA Assim que conheci o Kim, ha 7+ anos, andei procurando por ele na internet e achei telefone, endereco. Estava investigando pra saber se ele tinha a ficha limpa ou nao, se alguma mulher ia atender o telefone ou nao :)) Ta certo, sacanagem, mas eu precisava saber.. E acho que naquele tempo nem tinha Google!

Be said:

Pois é, hoje em dia, nem precisa ser geek para estar na internet. *rs* Ainda bem que, no seu caso, tudo não passou de um erro de digitação. Beijocas, Be.

adriana said:

Ah, mas tem coisa mais gostosa que ficar dando uma de Google-Detective? re re re! É divertido, mas meio assustador mesmo.

Zila said:

E quando digitei Zila, veja so o que achei:
http://www.amstaffs.dk/zilapres-e.htm
E o fim da picada!!!!!!
Ahahahahhaahahahahha!

Zila said:

Ah, esqueci de dizer que na vespera de natal, achei uma amiga do colegio, com quem nao falava ha 11 anos! Apenas digitei o nome completo e pronto!

Liesl said:

Oi Mauro, venho aqui mas acho que nunca comentei. Anyway, não sei se vc conhece o site anywho.com. Vc pode procurar a pessoa pelo nome, mas tb tem reverse lookup, ou seja, digita o tel e aparece a pessoa, endereço e tudo. Inclusive se vc clicar no endereço aparecem as pessoas que moram na mesma rua e telefone, tem mapa e directions, ou seja, bem perigoso.
Tb já banquei a "hacker":P

About this Entry

This page contains a single entry by published on January 15, 2004 1:05 PM.

Uma vitória do medo was the previous entry in this blog.

Fotos da viagem à Boston is the next entry in this blog.

Find recent content on the main index or look in the archives to find all content.

Powered by Movable Type 4.1