Aqui eles tem a mania de colocar etiquetas com avisos penduradas de montes de coisas, desde nos fios dos aparelhos elétricos, cabos dos aparelhos eletrônicos, até costuradas em coisas como travesseiros, colchões, barracas, edredons e tudo mais onde dá para pendurar uma etiqueta.

Até aí tudo bem… afinal de contas o pessoal aqui aparentemente precisa ser avisado que não se deve usar o secador de cabelo debaixo do chuveiro ou quando se está dormindo (sério). O problema é que eles colocam na etiqueta, em letras grandes, “NÃO REMOVA ESTA ETIQUETA”, muitas vezes sob ameaça de penalidades legais.

O resultado? Montes de etiquetas penduradas de tudo quanto é coisa. As que mais incomodam são as que ficam nos fios da tomada dos aparelhos eletrodomésticos e as dos travesseiros e roupa de cama em geral.

Acabei de pegar um teclado novo aqui no serviço (o meu quebrou, será que foi o suco de laranja que pingou nele?) e, invariavelmente, veio a etiquetinha pendurada no fio avisando sobre os perigos de se usar um teclado (como se você tivesse alguma outra opção), completa com o tal aviso para não removê-la. Num ato de desafio contra a tirania das etiquetas, a primeira coisa que fiz foi arrancá-la e jogá-la fora.

Agora estou aqui sentado, esperando a tal “polícia de etiquetas” vir me prender… ­čśë