Fazendo Arte

Doodling

1

Desenhei no sábado da semana passada no PDA da Lydia, enquanto esperava ela preencher a papelada de inscrição lá na academia de ginástica…

cthulhu.gif

Para quem não sabe do que se trata, aqui tem um link informativo.

Sozinho em casa… por uma boa causa

A Lydia tirou hoje e amanhã de folga no serviço e se mandou para New Jersey, me largando em casa sozinho com os bichos.

Ela foi participar do Create-A-Thon 2004, um evento nacional durante o qual montes de agências de criação no país reúnem voluntários e trabalham direto por 24 horas para executar, de graça, projetos para várias instituições de caridade e sem fins lucrativos.

Só vou vê-la de novo amanhã. Ou talvez aqui, no fotoblog do evento. O estúdio onde ela está tem uma página para o evento também, para quem quiser maiores informações.

Além da caridade, essa vai ser uma boa oportunidade para a Lydia fazer mais uns contatos com gente da área dela. Quem sabe não aparece um empreguinho novo? 😉

Minha primeira passagem de texto

Vocês devem se lembrar que eu mencionei neste post que o Bob (um dos ferreiros para quem estou trabalhando) e os ajudantes dele são atores de teatro, não lembram?

Pois bem, o Bob está trabalhando numa peça e eu, como o cara mais novo da turma, fui “escolhido” para fazer a passagem de texto com ele hoje, no carro, durante os trajetos entre um serviço e outro. Repassamos duas cenas, o Bob como o personagem dele e eu como Wendy, a filha do personagem dele.

Foi bem interessante, mas não se preocupem que eu não fiz voz fina não, viu? 😉

Ô mulher boa

A Lydia mandou uma brochura que ela fez sobre a empresa dela para o “American Corporate Identity”, uma competição anual que seleciona os melhores designs entre milhares de trabalhos inscritos e imprime um livro com os vencedores.

A brochura da Lydia foi escolhida para figurar entre os aproximadamente 100 trabalhos que serão publicados na categoria “Corporate Image Brochures“.

Palmas para ela, êêêê! :-)

Dando uma de penetra

Ontem à noite eu fui com a Lydia para o laboratório de cerâmica. Tive que ir ajudá-la a virar uma forma de gesso pesada que ela está usando para fazer uma bandejona, pois ela está com as costas estouradas.

Aproveitei que estava lá mesmo e tinha que ficar esperando ela trabalhar na bandeja dela, então peguei uns pedaços de argila e fiz uma medalinha para a Lydia e um comedouro para os papagaios, no formato de um ovo com um galho na frente e umas folhinhas subindo pelo lado. A Lydia vai passar o esmalte para mim e deixar lá na prateleira para ir para o forno.

E eu nem estou matriculado em nenhum curso lá este semestre… teoricamente não poderia usar as instalações, mas sabe como é. Eles me conhecem lá do semestre anterior, então ninguém estranha a minha presença. :-)

Dando umas pintadas

Este é o projeto no qual estou trabalhando: converter uma igrejinha brega de enfeite de natal em uma igreja soturna, apropriada para ser usada em cenários de batalhas de miniaturas. Fiz mudanças na estrutura do modelo e agora o estou repintando.

Aqui estão as fotos do “antes” e o “durante”. Quando eu acabar, coloco a “depois”… 😛

Transformação

Hoje a Lydia reestofou uma cadeira enquanto eu pintava miniaturas… trocou a espuma e o tecido.

Aqui estão as fotos “antes e depois”.

Voltando à ativa

Durante os feriados do natal e ano novo eu voltei a praticar um hobby que andava bem parado fazia um tempo… pintar miniaturas e participar da comunidade de jogadores de Warhammer.

Bom… na verdade a participação por enquanto está meio virtual, pois a tal comunidade é brasileira. Mas já é um recomeço. Agora só preciso reativar meus contatos de jogo para poder voltar jogar por aqui mesmo.

Enquanto isso, vou ficando somente na pintura. Eu tinha fotos de um monte de minis que eu pintei, mas perdi todas então não dá para colocar aqui… tenho que tirar as fotos novamente. Os meus projetos atuais estão ainda em andamento, então não teria graça para vocês verem um cenário meio construído ou miniaturas meio pintadas. Quando eu acabar, coloco fotos.

De fotos aqui eu tenho só estas: uma miniatura de um guerreiro esqueleto anão que eu montei e dei de presente para o Fulvio um tempo atrás (ele tirou as fotos).

Final de curso

Hoje são os “finals” do meu curso de cerâmica.

Estou com uma caixa de papelão cheia das minhas peças, que preciso levar para mostrar na aula. Ao que parece, a gente faz uma auto-avaliação, depois expõe as peças para o resto da classe fazer uma avaliação também.

Só espero que não aconteça comigo o que aconteceu com uma garota que está classe da Lydia. Na noite dos finals dela no ano passado, ela vinha carregando as peças dela quando escorregou e caiu. As peças todas foram para o chão e viraram caquinhos… 😯

Eu ainda não tirei fotos de algumas das minhas peças depois de prontas, apesar delas estarem em casa faz tempo. Mas faço isso depois e coloco as fotos aqui. Assumindo, claro, que alguém as queira ver. 😉

Escultura

Tirei umas fotos de uma escultura que eu tinha que fazer para a aula de cerâmica. A gente tinha que escolher um ditado ou expressão idiomática e criar uma escultura em cima disso.

Alguém adivinhou qual é a minha expressão? 😉

A escultura não está pronta ainda. Falta a primeira queima e, depois disso, ainda vai faltar aplicar os esmaltes.

Go to Top